PUBLICIDADE

X

CIDADE

Quarta-feira, 12 de Fevereiro de 2020, 15h:14

Olho 1499 acessos A | A

Hospital São Luiz promove curso de capacitação sobre coronavírus

A unidade promove entre os dias 13 e 14 treinamento específico para profissionais de saúde no atendimento da doença que já causou mais de mil vítimas na China

Por: Assessoria

Ronivon Barros

Clique para ampliar

Diante disso, a secretaria pede para a população não compartilhar informação sem antes checar a fonte da notícia.

O Hospital São Luiz, em Cáceres (MT), irá promover treinamento para profissionais de saúde do município com o objetivo de orientar e trazer mais segurança no atendimento de casos suspeitos de coronavírus. O curso ocorre nesta quinta e sexta-feira, 13 e 14, no auditório do hospital, unidade da Pró-Saúde.
 
O curso surgiu da iniciativa e parceria entre as secretarias Estadual e Municipal de Saúde e Hospital Regional. O treinamento com as orientações de atendimento será realizado pela Infectologista e diretora Técnica do São Luiz, Ana Maria Gonçalves.
 
O Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (nCoV-2019) foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China, que já registrou mais mil mortes provocadas pela doença. A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou emergência de saúde pública global por conta da epidemia e, recentemente, definiu a nomenclatura da nova cepa do coronavírus como Covid-19. Conforme o Ministério da Saúde, no Brasil, não há casos confirmados.
 
Sintomas
 
Entre os sintomas estão: febre e sintomas respiratórios como tosse, dor de garganta e dificuldade em respirar. Em casos mais graves, há registro de pneumonia, síndrome respiratória aguda grave, insuficiência respiratória e sepse. É importante estar atento para casos de histórico de viagem para China nos últimos dias.
 
Como reduzir o risco de infecção pelo coronavírus?
 
Entre orientações de prevenção, fique atento as seguintes situações:
 
- Evitar contato próximo com pessoas com infecções respiratórias agudas;
- Lavar frequentemente as mãos, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente e antes de se alimentar;
- Usar lenço descartável para higiene nasal;
- Cobrir nariz e boca ao espirrar ou tossir;
- Evitar tocar nas mucosas dos olhos;
- Higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
- Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
- Manter os ambientes bem ventilados;
- Evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações.
 
Caso apresente algum dos sintomas descritos acima, associado ao histórico de viagem recente para área de transmissão, a China, ou contato com alguma pessoa com suspeita de infecção pelo coronavírus, comunique a unidade de saúde mais próxima.
 
Atendimentos do Hospital São Luiz
 
Em 2019, o Hospital São Luiz (HSL) realizou 41.192 atendimentos entre internações, cirurgias, exames e partos, o que representa um aumento de mais de 1.200 atendimentos em comparação a 2018. Presente na história da região há 81 anos, o HSL coleciona avanços na excelência assistencial, desde dezembro de 2018, após se tornar uma unidade própria da Pró-Saúde.
 
Sobre a Pró-Saúde
 
A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 23 cidades de 12 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.
 
A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.