PUBLICIDADE

X

CIDADE

Terça-feira, 27 de Julho de 2021, 20h:36

Olho 2699 acessos A | A

TRANSMISSÃO

Laboratório confirma primeiro caso de infecção de variante Delta em Mato Grosso

Por: Vitória Lopes I Gazeta Digital

Reprodução

Clique para ampliar

O caso foi identificado em uma paciente de 15 anos, que apresentou sintomas gripais leves, como dores no corpo e na cabeça.

O Instituto de Análises Clínicas (Inac) confirmou nesta terça-feira (27) a primeira infecção causada pela variante Delta, do novo coronavírus, em Mato Grosso. O caso foi identificado em uma paciente de 15 anos, que apresentou sintomas gripais leves, como dores no corpo e na cabeça.

Conforme o laudo do laboratório, a paciente, moradora de Cuiabá, já havia apresentado outra confirmação da mesma variante, por meio do exame RT-PCR, em março deste ano.

Entretanto, no dia 20 de julho, uma médica responsável pela adolescente solicitou novo exame.

A nova suspeita foi tratada como “uma possível reinfecção”, visto que em “curto lapso temporal” o resultado se repetiu. Com sintomas gripais leves, a adolescente está em isolamento total.

No Brasil, já foram registrados 169 casos de detecção da variante Delta, sendo confirmados nos Estados de Pernambuco, Goiás, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Distrito Federal.

O laudo explica ainda que a variante possui transmissibilidade elevada, superior até 50% a variante Alfa, detectada pela primeira vez no Reino Unido, devido a sua maior carga viral e capacidade de escape imunológico.

"Ela já está presente em 98 países, propagando-se rapidamente em países com baixa e com alta cobertura de vacinas", disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom
Até a publicação desta matéria, Secretaria Municipal de Saúde e Secretaria de Estado de Saúde não se manifestaram sobre a confirmação.