PUBLICIDADE

X

EDUCAÇÃO

Segunda-feira, 26 de Julho de 2021, 10h:35

Olho 1635 acessos A | A

RETORNO DAS AULAS

Governo confirma retorno das aulas no início de agosto em Mato Grosso

Por: Wesley Santiago/Do Local - Max Aguiar

Reprodução

Clique para ampliar

As aulas em Mato Grosso estavam suspensas desde março de 2020, quando teve início a pandemia.

O Governo de Mato Grosso confirmou, em entrevista coletiva nesta segunda-feira (26), o retorno das aulas nas unidades de ensino estaduais no dia 03 de agosto. Neste primeiro momento, a quantidade de estudantes por sala será limitado. O secretário estadual de Educação (Seduc), Alan Porto, pontuou que todos os protocolos serão seguidos e lembrou que todos os profissionais da Pasta já tomaram pelo menos a primeira dose da vacina.
"Hoje, tomamos a decisão de iniciar as aulas no dia 03 de agosto. As salas de aula estarão funcionando com 50% da capacidade. Para chegarmos a isto, levamos em conta os índices da Covid-19, definimos os protocolos de biosegurança e fizemos todo um plano de contigência", explicou o secretário Alan Porto.
As aulas em Mato Grosso estavam suspensas desde março de 2020, quando teve início a pandemia. O secretário lembrou ainda que todos os profissionais da educação já receberam a primeira dose. "Foi uma categoria priorizada pelo governo, que destinou 20% das doses. Todos devem receber o reforço dos imunizantes entre agosto e setembro".
"Vale lembrar que a vacinação nunca foi uma condicionante para o retorno das aulas. Temos 27 municípios em Mato Grosso que já voltaram com as atividades, 100% das escolas particulares, são 12 estados com os alunos de volta também", completou o secretário.
O secretário disse ainda, sem apresentar dados, que houve um aumento em casos de depressão, abusos e outros entre crianças.
O governo prometeu distribuir máscaras para seus profissionais e todos outros ítens para auxiliar no cumprimento dos protocolos contra a Covid-19. Além disto, as unidades que tiverem profissionais ou alunos que testem positivo para o coronavírus, precisarão de imediato fazer a comunicação.
Questionado sobre o pensamento do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep) de não retornar as aulas, o governador Mauro Mendes (DEM) disse que respeita a posição, mas entende que este é o momento da volta.
"Passei três dias andando pelo Araguaia e me impressionei com as pessoas ligadas a educação nos parabenizando. Professores que diziam estar aposentando com tristeza, porque viram a educação sem receber a atenção que deveria, coisa que estamos fazendo agora", comentou o governador.


Leia mais sobre este assunto