PUBLICIDADE

X

POLÍCIA

Quinta-feira, 12 de Setembro de 2019, 08h:48

Olho 5839 acessos A | A

POSSÍVEL ATENTADO

Criminosos atiram em Escritório de advocacia em Cáceres, PJC investiga o caso

Por: Da Redação - Wesley Santiago

Reprodução

Clique para ampliar

O delegado informou que a vítima disse que não recebia ameaças claras.

O advogado Danilo Munhoz teve o seu escritório metralhado, na madrugada desta quinta-feira (12), na região Central de Cáceres (219 quilômetros de Cuiabá). Câmeras de segurança registraram o momento em que um veículo (possivelmente um Jeep Renegade) para em frente ao imóvel e o condutor inicia os disparos. A suspeita da vítima é que um empresário, que estaria insatisfeito com um trabalho realizado por ele, tenha sido o autor do ataque.

“Era mais de duas da manhã e o carro passou devagar, parou e atirou contra o meu escritório. Achei que era fogos, mas depois resolvi ir até lá e descobri que eram tiros. Já nesta manhã, fui até a delegacia, junto com o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) da nossa seccional, levei as imagens e registrei o boletim”, disse o advogado ao Olhar Direto.

Segundo o advogado, existe a suspeita que um empresário da cidade tenha sido o autor do ataque. “Tem um rapaz que ficou insatisfeito. Fez um tentativa de homicídio contra um cliente nosso e suspeitamos que tenha sido ele. Pelo carro que ele tem, é o mesmo que parou aqui na frente”.
 
“É a primeira vez que sofro este tipo de situação. Foi um ataque contra a profissão. Este mesmo empresário já tinha dito que ia dar um soco na cara do meu sócio. Na semana passada, conseguimos penhorar os bens dele. Acredito que isto possa ter motivado o fato”, finalizou o advogado.
 
O caso está sendo investigado pela Polícia Civil da cidade e está sob o comando do delegado Wilson Souza Santos.