PUBLICIDADE

X

POLÍCIA

Quinta-feira, 02 de Dezembro de 2021, 19h:59

Olho 2005 acessos A | A

FARSA

Empresária é presa pela Polícia Civil por forjar o próprio sequestro em Cuiabá

Por: Luís Vinicius I Hipernoticias

Reprodução

Clique para ampliar

Ruana Fortunato Freitas foi presa na tarde desta quinta-feira.

A empresária Ruana Sabrina Fortunato de Freitas, 28 anos, foi presa pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) pelos crimes de falsa comunicação de crime, organização criminosa e estelionato. A prisão ocorreu na tarde desta sexta-feira (2).

De acordo com a Polícia Civil, ela teria forjado o próprio sequestro. Segundo informações, a empresária estaria tentando aplicar um golpe na seguradora da caminhonete Toyota Hilux, que ela dirigia no momento do suposto rapto.

O marido dela, que não teve o nome revelado, foi quem comunicou o crime à polícia. Ele, no entanto, não foi apontado como cúmplice e foi liberado. Já Ruana deixou a sede da GCCO e foi levada à sede da Polinter. 

Segundo as narrativas, a empresária e o marido estavam em uma festa na região do Jardim Paula II, em Várzea Grande, na madrugada desta quinta-feira (2). Em dado momento, ela teria dito ao marido que iria em uma distribuidora no bairro, de caminhonete e não voltou mais. 

Após o suposto sequestro, o marido da empresária informou que os criminosos mandaram áudios e imagens da vítima com capuz na cabeça. Não houve qualquer pedido de recompensa. 

A empresária foi encontrada na tarde desta quinta-feira (2), em Cuiabá. Ela chegou a gravar vídeo tranquilizando seus amigos e família.