PUBLICIDADE

X

POLÍCIA

Terça-feira, 23 de Abril de 2019, 09h:06

Olho 382 acessos A | A

FRONTEIRA

Gefron homenageia parceiros da atividade operacional na fronteira

Tchélo Figueiredo - Secom/MT

Clique para ampliar

Solenidade de entrega de medalha Mérito policial de fronteira

Sessenta pessoas, entre policiais civis, militares e autoridades, receberam na noite desta segunda-feira (22), a medalha Mérito Policial de Fronteira. A honraria é um reconhecimento ao trabalho realizado em prol do grupamento, que atua nos 983 km de fronteira com o Brasil e a Bolívia. A solenidade foi realizada no Salão Nobre Cloves Vettorato e contou com a presença do governador, Mauro Mendes, que também foi um dos homenageados.

Em sua fala, o chefe do Executivo destacou que em três meses ainda fez pouco pelos profissionais que atuam na fronteira, mas ressaltou que para os próximos anos vai contribuir para melhorar ainda mais a atividade operacional.

“Este reconhecimento hoje é para aquelas pessoas que já contribuíram e ainda vão contribuir para a atividade na fronteira. Estou honrado em receber esta medalha e quero poder fazer mais por estes profissionais”, enfatizou.

A entrega de medalhas encerra as atividades em comemoração ao aniversário de 17 anos de atuação do Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron), que é celebrado no dia 13 de março. A programação começou com o 5º Torneiro de Tiro seguido da corrida kids e adulto. Todas as programações foram voltadas para as unidades que integram as ações de segurança na fronteira, Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Politec, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Exército Brasileiro e Marinha.

“Esta solenidade fecha com chave de ouro a programação de aniversário. A entrega de medalhas é em homenagem para aquelas pessoas que desempenham funções que fortalecem o grupamento, seja ela na atividade operacional ou na administração. A tropa que está na fronteira atua diuturnamente para o enfrentamento à criminalidade”, destacou o coordenador do Gefron, tenente-coronel PM José Nildo de Oliveira.

Já o secretário chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, ressaltou os resultados obtidos pelos profissionais no primeiro trimestre do ano. “O Gefron tem feito um trabalho espetacular. Somente neste primeiro trimestre foram apreendidas mais de uma tonelada de drogas. Este resultado nos dá muito orgulho e é reflexo de um trabalho desempenhado com muito afinco e engajamento”, frisou.

Entre os homenageados estavam o secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante dos Santos, delegado geral da Polícia Judiciária Civil, Mário Dermeval Aravechia de Resende, o comandante do Corpo de Bombeiros Militar, coronel BM Alessandro Borges Ferreira, a juíza de direito, Ana Cristina Mendes, diretor geral da Politec, Rubens Sadao Okada, o delegado da Polícia Federal, Diógenes Curado, dentre outros.

“O Gefron é uma força que é modelo nacional. Atualmente é responsável pelo patrulhamento na fronteira no estado de Mato Grosso com a Bolívia e tem os maiores índices de apreensão de drogas no Brasil, alto índice de recuperação de veículos e carga roubada. Ser homenageado por este grupamento é uma honraria muito interessante que só nos envaidece”, destacou o secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante.

Atividade operacional

O Gefron passou a operar na repressão aos crimes transfronteiriços em 13 de março de 2002. Os 140 policiais realizam patrulhamentos pelas rodovias, estradas vicinais, operações, barreiras fixas e volantes na repressão ao tráfico de drogas, contrabando e descaminho de bens e valores, evasão de divisas e roubos de veículos.

A base operacional do Grupamento fica no município Porto Esperidião. Outros pontos de fiscalização estão distribuídos na região do Matão (no município de Pontes e Lacerda), Vila Cardoso, Avião Caído (em Cáceres), Canil Integrado (Cáceres), além da sede administrativa que fica na Sesp, em Cuiabá.