PUBLICIDADE

X

POLÍCIA

Domingo, 18 de Abril de 2021, 20h:08

Olho 4006 acessos A | A

TRAGÉDIA

Jovem grávida perde o bebê e morre após ser queimada pelo marido

Por: Redação*

Reprodução

Clique para ampliar

Segundo informações locais, Orlando Martins, 29 anos, espalhou gasolina pela casa e ateou fogo. A jovem ainda tentou se livrar do incêndio ao se esconder no banheiro, único cômodo que não estava em chamas.

Paula Santos Ferreira, 25 anos, morreu neste sábado (17), após ter sido queimada pelo próprio marido. Ela estava grávida e teve 90% do corpo queimado. O crime aconteceu na chácara Bambuzal, a 72 km de Sinop, na madrugada do dia 9 de abril.

Segundo informações locais, Orlando Martins, 29 anos, espalhou gasolina pela casa e ateou fogo. A jovem ainda tentou se livrar do incêndio ao se esconder no banheiro, único cômodo que não estava em chamas, mas ainda assim ficou gravemente ferida.

Ela foi encaminhada ao Hospital Regional de Sinop em estado grave e acabou perdendo seu bebê no mesmo dia do crime. Após cinco dias internada, ela sofreu uma parada cardiorrespiratória e faleceu.

Orlando fugiu do local após peritos criminais e agentes da Polícia Civil descobrirem que o incêndio não foi acidental. Ele já tem duas passagens por homicídio e usava tornozeleira eletrônica até seis meses atrás, mas foi beneficiado com a progressão de pena e removeu o equipamento.

O caso continua sendo investigado pela Polícia Civil.

*Com informações do Nortão Notícias