PUBLICIDADE

X

POLÍCIA

Quinta-feira, 13 de Fevereiro de 2020, 20h:57

Olho 3052 acessos A | A

CÁCERES

PM prendem autores da tentativa de assalto a agente da Policia Penal em Cáceres

Por: Joner Campos I Cáceres Notícias

Joner Campos

Clique para ampliar

Os policias encontraram a arma do crime na residência do padrasto do suspeito de apelido “Espeto “no bairro Residencial Dom Máximo e o prenderam.

Dois homens foram presos na tarde desta quinta-feira (13) suspeitos de serem os ocupantes de uma motocicleta que efetuaram os disparos contra o veículo da policial penal em Cáceres.

De acordo com a Policia Militar tudo começou quando uma guarnição obtive informações de que os suspeitos de terem tentado roubar e atirar no veículo de uma policial penal na manhã de ontem quarta-feira (12) estaria escondido no bairro Jardim das Oliveiras, na residência da suspeita de nome Bia.

Ao se aproximar do local, uma motocicleta conduzida pela suspeita saiu da residência e ao avistar a guarnição retornou ao local em fuga, a condutora da moto Yamaha Fazer foi abordada e se mostrou bastante nervosa.

LEIA MAIS

Agente da Policia Penal tem carro atingido por tiros ao sair de residência em Cáceres

Ao adentrar a residência outros dois suspeitos foram encontrados sendo Adilson Santos Pessoa (21 anos) e Robson Pereira Gonçalves (21 anos) de apelido “Acerola” ambos foram presos.

Em conversa com a proprietária da residência Beatriz Regina Ferreira da Silva (25 anos) disse que os dois suspeitos se encontravam escondidos em sua residência após terem realizado um assalto frustrado contra uma policial penal.

A jovem de 21 anos, mãe de duas crianças disse que somente conhece o Adilson e que o outro não conhece, mais também estava em sua residência.

No quarto onde as crianças dormiam foi encontrado uma porção grande de substância análoga a maconha.

Já no Centro Integrado de Segurança e Cidadania – CISC, onde em conversa com os policias os suspeitos teriam dito como ocorreu o assalto frustrado a policial penal.

Segundo o suspeito Adilson contou que teria se assustado quando viu que a mulher em questão seria uma policial e resolveu efetuar os disparos.

Ainda de acordo com o suspeito, a arma teria sido emprestada de um terceiro suspeito de apelido “Espeto” morador do bairro Vila Irene, e que seria o responsável em passar os detalhes da rotina da vítima.

Os policias encontraram a arma do crime na residência do padrasto do suspeito de apelido “Espeto “no bairro Residencial Dom Máximo e o prenderam.

O Conselho Tutelar foi acionado e ficou com a guarda das duas crianças.

Os suspeitos e os objetos apreendidos foram entregues no Centro Integrado de Segurança e Cidadania – CISC de Cáceres.