PUBLICIDADE

X

POLÍCIA

Terça-feira, 18 de Fevereiro de 2020, 09h:32

Olho 3174 acessos A | A

COMBATE A VIOLÊNCIA

Polícia Militar e parceiros lançarão Patrulha Maria da Penha em Cáceres hoje (18)

Por: Joner Campos I Cáceres Notícias

Tchélo Figueiredo - SECOM/MT

Clique para ampliar

A finalidade da Patrulha Maria da Penha é proteger a mulher em situação de violência doméstica e familiar.

A Polícia Militar realizará na tarde dessa terça-feira (18), no gabinete da prefeitura de Cáceres, a solenidade de lançamento da Patrulha Maria da Penha (PMP). O evento deverá contar com a presença do Comandante Geral da Policia Militar Coronel Jonildo José de Assis.

A finalidade da Patrulha Maria da Penha é proteger a mulher em situação de violência doméstica e familiar. As equipes da PM acompanham as vítimas para que a medida protetiva de urgência seja obedecida.

De acordo com o Comandante do 6º Batalhão da Polícia Militar de Cáceres, Tenente Coronel, Danilo Segóvia Moreira, o projeto é uma integração de diversas entidades e forças de segurança do município entre elas a Polícia Judiciaria Civil por meio da Delegacia da Mulher.

A Delegada Regional da Policia Judiciaria Civil, Judá Maali Marcondes que também é a delegada que está à frente da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher destacou que a patrulha vai acompanhar os casos de mulheres ameaçadas e sob risco de morte que, após registrarem o boletim de ocorrência na delegacia, e que recebem a medida protetiva, onde o agressor fica impedido de se aproximar da mulher vítima da violência.

“A implementação da Patrulha Maria da Penha será um instrumento eficiente de combate à violência doméstica, garantindo eficácia às medidas protetivas de urgência. Deste modo, esta medida conseguirá reduzir a reincidência das agressões e a ofendida se sentirá, efetivamente, protegida pelo Estado. As Polícias Civil e Militar estarão unidas neste projeto, com intuito de erradicar a violência doméstica neste município, porquanto parabenizo os Comandantes da Polícia Militar pela brilhante iniciativa!”, destacou a delegada.

Tchélo Figueiredo - SECOM/MT

_TCH9122.jpg